17 de junho – Direito de manifestação e o poder emana do povo!

Nao-foge-a-luta

Vale a pena refletir sobre o movimento democrático espontâneo, pacífico e apartidário de jovens que saiu as ruas no dia 17 de junho, em 11 Capitais brasileiras e várias cidades, ao mesmo tempo.  Ele evidenciou uma indignação moral nacional contra tudo que está errado, e, que precisamos mudar no Brasil. Não é só a exorbitância de desperdício do dinheiro público, em construções faraônicas para a Copa de 2014, e naquilo que não reverterá em benefícios e melhorias para o bem estar e qualidade de vida do povo brasileiro.  Não se trata só de protestar por 0,20 centavos!!!! Tire suas próprias conclusões!

É preciso mudar! A velha política e o velho sistema, a governança e as forças de segurança ainda procuravam os “líderes” e “articuladores” do movimento para negociar diretamente com eles, mas não os encontraram. O movimento do dia 17 de junho, foi sem líderes, sem rótulos, tendo sido arquitetado na Internet e pelas redes sociais, comparável a Primavera árabe!

Só uma coisa não muda: as eleições, livres e democráticas, é a ocasião ideal para protestar, silenciosa e poderosamente, numa democracia que está evoluindo!

Convém ser tal como um intérprete da Vida para compreender, à luz da espiritualidade, o que este momento emocionante de manifestação popular significa e significará para mostrar que a consciência social do povo brasileiro está começando a mudar. E essa mudança começa pela nova geração de jovens pensadores!

[Imagem linkada do Facebook e vídeo do You Tube]

Anúncios

Sobre ARQUIVÍSTICA SOCIAL

Jackson Guterres é Bacharel em Arquivologia pela FABICO/UFRGS. Atualmente é pesquisador membro do Grupo de Pesquisa em Competência e Comportamento Informacional para a Produção e Inovação do Conhecimento (COMPORTI) do ICI/UFBA, coordenado pela Profa. Dra. Maria Isabel de Jesus Sousa Barreira e liderado pelo Prof. Dr. José Carlos Sales dos Santos, ambos do ICI/UFBA. Idealista da Arquivística Social, um novo paradigma da Arquivologia como vetor da interpretação da sociedade, conforme postulado por Terry Cook, em evento Arquivístico na cidade de Dundee, patrocinado pela Real Academia da Escócia, em dezembro de 2010.
Galeria | Esse post foi publicado em 17 de junho, Consciência Social, Movimento popular e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s